Começar uma atividade nova é sempre algo desafiador, mas a atividade em si deveria ser desafiante, não o linguajar. Infelizmente, o CrossFit é uma atividade que ‘herdou’ o linguajar em inglês, o que força os alunos a se familiarizarem com os novos termos. 

Apesar de isso não ser um empecilho à prática, muitas pessoas ficam confusas na aula por conta das novas palavras. Pensando nisso, criamos uma lista com 10 termos comumente utilizados nas aulas de CrossFit para te ajudar na próxima vez que você frequentar uma.

  1. Warm up – Aquecimento
  2. Skill – É a parte da técnica dos movimentos. Como os movimentos do CrossFit tendem a ser novos para a maioria das pessoas iniciantes, temos frequentemente uma parte da aula dedicada à prática de técnica de algum movimento.
  3. 1RM/3RM/5RM – Repetition Maximum. Isso significa: a maior carga possível para fazer 1 repetição (1RM), 3 repetições (3RM), 5 repetições (5RM). Esta sigla será vista geralmente na parte de força da aula. Por exemplo: 5RM de levantamento terra = qual a maior carga que vc consegue colocar na barra para fazer 5 levantamentos terras (e nem um a mais). Esse teste é super importante para conseguirmos customizar o treino para você e maximizar seus ganhos de força. 
  4. WOD – Workout of the Day, tarefa do dia. É, geralmente, a parte final da aula, onde vc tem que dar o seu melhor em uma tarefa específica. Esta é a parte principal da aula, onde vc termina bem cansado. Os formatos mais comuns de WODs são AMRAP, FOR TIME e EMOM.
  5. AMRAP – As Many Rounds/Reps as Possible. A tradução do inglês seria “O maior número de rounds ou repetições possíveis”. Geralmente colocamos isso na parte do WOD, onde os alunos tem um tempo fixo para realizar o maior número de repetições ou completar o maior número de rounds. Um exemplo prático seria um AMRAP de 10 minutos de 200m de corrida e 20 agachamentos. A ideia neste exemplo é tentar fechar em 10 minutos o maior número de rounds dessa série (200m+20 agachamentos=1 round)
  6. FOR TIME –  Significa que a pontuação do WOD é o tempo. Nós damos uma tarefa específica e a ideia é terminá-la no menor tempo possível. Seria quase que o inverso do AMRAP. Pegando o mesmo exemplo de WOD, em For Time ficaria assim: 5 Rounds de 200m de corrida e 20 agachamentos onde o objetivo seria terminar no menor tempo possível.
  7. EMOM: Every minute on the minute, em português, A cada minuto no minuto. É um tipo de treino onde no começo de cada minuto o aluno tem que realizar uma ‘tarefa’. Quanto antes ele terminar, mais tempo de descanso ele terá até a virada do minuto. Por exemplo, um EMOM de 10 minutos de 40 agachamentos, o aluno tem que fazer 40 agachamentos dentro de cada minuto.
  8. Time Cap: Tempo limite para completar o WOD.
  9. Unbroken – Esse termo utilizamos quando queremos que as repetições sejam feitas sem pausa ou interrupções. Por exemplo se o treino pede 20 repetições ‘unbroken’ de agachamento, o aluno deve realizar essas 20 repetições sem parar.
  10. RX/Scaled: Derivado da indústria médica americana, RX quer dizer ‘prescribed’ , ou em português, ‘prescrito’. Todos os WODs vem com uma ‘prescrição’ de carga, distância, rounds, etc. Quando o aluno faz o WOD sem modificar nenhum desses aspectos, ele fez RX’d. Caso ele modifique qualquer dos movimentos, ele fez SCALED. Porém os alunos não devem se apegar a tentar fazer o WOD RX se ainda estão no começo. O importante aqui é saber adaptar para que o WOD fique desafiador, porém seguro. O normal é a maior parte da turma não fazer RX.

O CrossFit ainda tem umas dezenas de termos que são bem típicos, porém esses já devem te ajudar na sua próxima aula. 

Nunca fez CrossFit e quer conhecer a modalidade? CLIQUE AQUI para fazer uma semana gratuita.

Bons treinos.